João Sentieiro

 

Fotografia João SentieiroPresidente da FCT entre Janeiro de 2006 e Dezembro de 2011.


 

João José dos Santos Sentieiro (Almada, 1944) licenciou-se em engenharia electrotécnica pelo Instituto Superior Técnico (IST), em 1969, tendo obtido o grau de doutoramento na mesma área científica de engenharia electrotécnica pelo Imperial College of Science, Technology and Medecine da Universidade de Londres, em 1985, com uma tese intitulada «Convex programming for optimal control».

João Sentieiro foi professor visitante da Carnegie Mellon University, Pittsburgh, EUA, em 1991. Desde 1995, é professor catedrático do Instituto Superior Técnico, tendo sucessivamente desempenhado o cargo de diretor do Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores, posteriormente (em 1992) fundador do Instituto de Sistemas e Robótica, laboratório associado do mesmo Instituto a que também presidiu, tendo sido responsável por diversos projectos de investigação na área das matemáticas aplicadas, da robótica, dos sistemas informáticos e da computação, domínios em que se especializou. Nessa medida, publicou pelo IST, «Manipulação robótica» e «Algoritmos para controlo óptimo», ambos em 1992.

João Sentieiro foi presidente da FCT entre 2006 e 2010 sendo nomeado em comissão de serviço para um primeiro mandato, renovado naquele último ano. Em virtude dessa disposição, foi o representante designado pelo então Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior ao Conselho Geral do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (ITQB). Na qualidade de presidente do organismo nacional de gestão e financiamento das ciências em Portugal, João Sentieiro foi igualmente o grande impulsionador do projeto de tratamento do espólio documental da FCT e da criação do Arquivo de Ciência e Tecnologia, o qual seria inaugurado no final do seu mandato, em Dezembro de 2011.

Foi membro do Conselho Superior de Ciência, Tecnologia e Inovação, tendo ainda ocupado, em 2010, o cargo de vice-presidente da Fundação Europeia de Ciência, instituição de coordenação das políticas europeias de ciências criada em 1974. Em 2012, após ter renunciado ao cargo de presidente da FCT, regressou à docência no IST.

João Sentieiro foi agraciado com o grau de Grande Oficial da Ordem de SanT’Iago da Espada, em 1998.


 

Fonte:

Arquivo de Ciência e Tecnologia: Processo individual de João José dos Santos Sentieiro [PT/FCT/FCT/DGA-DGRH/001/45/100].

Outubro de 2014